Demolidor – Segunda temporada

1

2Fala galera, quantos de nós já assistiram à segunda temporada dessa ótima série que é Daredevil, ou Demolidor, como conhecemos o personagem nos quadrinhos. Depois de uma primeira e excelente temporada, a série retornou com novos e excelentes episódios no dia 18 de março, trazendo como novidades o Justiceiro (Punisher) e Elektra, além da participação especial de outros conhecidos. Mais uma vez a parceria Marvel e Netflix foi muito feliz na adaptação das aventuras do advogado cego Matt Murdock (muito bem representado pelo ator Charlie Cox), alter ego do heroi. Mas vamos às considerações gerais!

3Depois de prender Wilson Fisk, o Rei do Crime, a firma Nelson & Murdock ganhou fama. Mas os clientes que os procuram são, em sua maioria, pobres necessitados de Hell’s Kitchen (a “Cozinha do Inferno”). Em meio ao caos do bairro, mafiosos e gângsteres são metralhados até a morte por um impiedoso justiceiro. Um desses criminosos procura proteção legal nos advogados. Esse é o começo da intrincada e interessantíssima relação entre os membros do elenco principal, que agora nos trás Jon Bernthal (o Shane de The Walking Dead) no papel de Frank Castle, o “Punisher”, o antagonista do “Daredevil” – a dublagem (que continua ótima) optou por manter os nomes em inglês, sei lá por quê!

4As razões para as ações do Justiceiro estão bem colocadas, e a atuação de Bernthal está de parabéns. Desde que anunciaram sua escolha como o novo Frank Castle eu imaginei que seria uma boa. Simplesmente pela cara dele. Bernthal tem, como direi… cara de “cabra ruim”! Completando o novo elenco temos Elektra (Elodie Yung), que também caiu muito bem no papel. Algumas mudanças na história da ninja não estragam o enredo, que se desenvolve de forma bastante coerente o tempo todo, mesmo nas partes que diferem da sua inspiração original, os comics.

5

As relações estão excelentes. Matt e Karen Page (Deborah Ann Woll, lindíssima de novo) nunca estiveram tão próximos de um final feliz, mas aí tem a Elektra… e falando em Karen, ela herda o instinto de Ben Urich para farejar um caso. Foggy (Elden Henson) está cada vez melhor, tendo se virado muito bem nos momentos em que Matt o deixa na mão para bancar o “demônio de Hell’s Kitchen”. Isso é um dos pontos altos, aliás. As situações Nelson X Murdock estão cada vez mais tensas, e as consequências, muito bem exploradas. O que nos leva aos diálogos, muito bem feitos! Ver o Demolidor e o Justiceiro se pegarem no tapa é muito legal, mas mesmo as discussões entre eles estão demais! Seus pontos de vista ficam muito claros e de forma excelente.

6As lutas: o que dizer? Além dos “porradeiros” já citados, ganhamos agora o Tentáculo! Ouvi dizer que algumas pessoas estranharam e não gostaram da presença de ninjas na série, mas quem diz isso certamente não leu as HQs. Sem problemas, já que ninguém é obrigado e nem precisa conhecer o material original para curtir a série… mas os ninjas tinham que estar lá! E estão muito bem! Atenção para o ataque deles ao hospital… eu emendei dois episódios, não dava pra esperar! As coisas foram realmente muito bem dosadas! A ação, a história, o espaço para cada personagem e as surpresas que vem a cada episódio, a solução dos mistérios… não dá pra falar mal dessa produção. E se posso citar melhorias, o uniforme do Demo também recebeu modificações. A da máscara, mais evidente, foi excelente, corrigindo uma das poucas coisas que não foram muito legais na temporada anterior. Mas há ainda outra que não vou revelar. Assistam e vejam!

Finalizando, só posso esperar que a terceira temporada se saia tão bem! Do começo ao fim, a segunda temporada do Demolidor foi uma grande fonte de diversão. Um herói urbano muito bem representado, em suas poucas alegrias e muitos percalços! Tomara que tragam mais personagens legais, e que retornem os que vem se saindo tão bem até agoira. Se fosse pra dar uma nota… eu daria um 10. Como fã do original, eu discordo da forma que fizeram uma ou outra coisa, e ficaria num nove… mas tenho que levar em consideração o material pro publico geral, não só a “nerdaiada”, então é dez. E que venha a próxima! Até!

RNG203-14494R.JPG